As dançarinas do ventre são doentes?

 

 

Tenho percebido que muitas dançarinas do ventre interagem comigo e agora acabo de ver um blog onde a mulher que escreve se apresenta com um véu de dança do ventre na sua foto do perfil. Eu já tinha pensado em estudar isso porque havia visto casos de mulheres dos tempos antigos da dança do ventre que haviam ficado insanas em graus variados por um tempo longo ou curto de suas vidas. Mas deixei de lado o tema porque não sou da área psi.

Tenho notícia de mulheres que praticam outras danças e também perderam a sanidade. Não sei se temos mais notícias sobre os artistas do que de pessoas que fazem outras atividades. Não sei se os artistas são mais livres para se mostrar. Não sei se os artistas são mais corajosos ou desencanados.

Só sei que eu danço. Dança do ventre. Há muitos anos. E fiquei realmente assustada ao ver o blog da nossa amiga Wally elsissy… Enfim.

Publicado em Sem categoria

9 comentários em “As dançarinas do ventre são doentes?”

  1. Ahhh a propósito, não sou dançarina do ventre apesar de admirar muito essa dança.
    Meu marido é egípcio/muçulmano e por isso me interesso muito por tudo que tem a ver com a cultura dele! 🙂

  2. Ah, ufa…
    Pensei que vc dançava por causa da sua foto… Por isso me assustei porque já percebi que muitas dançarinas tendem a oscilar bastante!
    Que legal que seu marido é egípcio/muçulmano, tive um namorado assim e fui muito feliz. Ele sempre entendeu bem minhas questões, instabilidades etc.

  3. Das minhas coisas preferidas dançar é uma…mas não sei dança do ventre, danço tecno, axé, samba (não samba rock) e um pouquinho de forro universitário. Amo dançar faz bem para qualquer pessoa. Eleva humor e auto estima…

    Bjs.
    Priscila MT.

  4. Eu também danço, desde 95. Mas acho que você está pegando a coisa pelo viés contrário.
    Não é que a dança desestabilize ninguém, pelo contrário. Acho que pessoas desestabilizadas se sentem atraídas pela dança como forma de expressão e terapia. E não creio que isso seja de assustar ninguém. Beijo.

    1. Samara, já pensei assim também.
      Mas olhando bem, penso que talvez as coisas por trás da dança desestabilizem as pessoas sim. Os estereótipos, os padrões que se tem que seguir, a competição, a paranóia em ser eternamente jovem e bonita… Esses fatores desequilibram sim!
      Mas concordo com vc que preciso pensar melhor.
      beijos

      1. Ah, concordo contigo que essa podreira toda do meio DV abalam uma pessoa, sim. Mas é o “mercado” da dança nunca me moveu, eu corri sempre atrás da expressão artística. Assumi, desde o início, minha postura de não profissional. Não me deixei levar pelos elogios, nem destruir pelas críticas. Não aceitei nenhum dos convites fora do tempo para dar aulas. Fiquei à margem por escolha, só danço com quem gosto, só o que eu gosto, quando acho o evento bom – porque não tenho comprometimento financeiro.
        Assim, a dança só me traz benefício.

        Agora, a dança com profissão é, no mínimo, um fator gerador de stress, sou obrigada a concordar contigo!

        Beijoca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s