A depressão é como um cafajeste

Chegou  sem avisar, se instalou em minha cama e utilizou todos os cômodos de minha casa. Dormiu comigo, fez tudo o que teve vontade, suplantou os meus desejos e me deixou completamente envolvida. Me iludiu, fez com que eu acreditasse que ficaria comigo para sempre ou que morreríamos em algum pacto secreto. Mas foi embora, do mesmo modo que veio, sem avisar, sem deixar recado, nem mesmo um telefone de contato!

Ora essa maldita! Ainda bem que diferente de um cafajeste, não me deixou saudade!

E vamos de volta à normalidade!!!! Estou escalando o poço! Louvados sejam meus esforços e as contribuições de força que recebo por aqui!

4 comentários em “A depressão é como um cafajeste”

  1. Bom saber que você está melhor.
    Eu estou aqui, sentindo uma coisa que não sei o que é, um monte de coisas acontecendo, precisa muito dar tudo certo, senão eu desabo de vez. Já não tenho mais paciência pra este “cai e levanta” sem parar.

  2. Não é seu caso, parece, mas quando se é bipolar, além da depressão cafajeste, a gente tem que lidar com a puta da euforia, que também vem, faz e acontece, depois vai embora sem deixar bilhete…

    1. WoWWW!!
      Essa eu adorei!
      A euforia é uma puta!
      Só que faz tempo que a danada não dá as caras…Aliás, talvez eu não seja mesmo bipolar, talvez tenha apenas encontrado uma gaiata que me deixou mais alegrinha e tal… Vamos vendo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s